Cerca-viva, as espécies mais indicadas!

Uma matéria incrível da Revista Casa & Jardim deste mês, que indica as principais espécies para cerca-viva. SG como sempre complementa com um toque especial de carinho e cuidado com o que amamos. 

 

Cerca-viva, uma ótima opção para dividir ambientes abertos, valorizando caminhos sem perder visibilidade, o que consequentemente torna o local maior e mais arejado. Por mais que sirvam de "muros", as espécies utilizadas como cerca viva, merecem tanto cuidado e carinho quanto as que ficam na mesa da sala.

 

Com características diferentes, algumas se mantém mais fechadas, outras vasadas. Identifique seu espaço, sua necessidade de divisão e escolha a espécie ideal.

Aqui vão algumas dicas: 

  • Primavera

    Bastante ramificada e com crescimento vigoroso, a Primavera é bastante utilizada de forma arbustiva. Comum entre outrono e inverno, possui poucos espinhos.

  • Murta

    Bastante utilizada como cerca-viva, a murta ganha aspecto homogêneo e fechado, o que garante uma certa privacidade da região. Pode chegar até 5 m de altura.

  • Laurotino

    Espécie cultivada em pleno sol, apesar de se dar bem em climas mais amenos. Para cerca-viva apresenta-se bem ramificada, mas em conjunto se mantém compacta.

  • Buxinho

    Uma das mais populares para cerca-viva, o Buxinho é perfeito para topiaria. Possui um crescimento lento, portanto invista próximo de degraus.

  • Camélia

    Popularmente conhecida mais como árvore, esta espécie assumida como arbusto pode promover um ótimo fechamento. O que mais lhe diferencia das demais é o colorido, que além de hamonizar e dar vida à separação proporciona variações da cor vermelha.

 

Fonte: Revista Casa & Jardim

Imagem: Revista Casa & Jardim

 

 

Foto da galeria dos produtos.
Foto da galeria dos produtos.
Foto da galeria dos produtos.